VOCÊ TEM UM PROBLEMA? A CMARP TEM A SOLUÇÃO PARA VOCÊ Fale Conosco Inicie Online PRECISA TER SEGURANÇA NA RESOLUÇÃO? A CMARP TEM A SOLUÇÃO PARA VOCÊ Acessar Sistema Consultar Convite
_

A Câmara

A Cmarp – Câmara de Mediação e Arbitragem de Ribeirão Preto/SP, é uma instituição privada que oferece mecanismos para a solução de conflitos, através da mediação, da conciliação e da arbitragem, e outras ferramentas adequadas.
A instituição possui um quadro de especialistas qualificados, formado por equipes multidisciplinares, que irão auxiliar na busca da melhor solução, seja na prevenção, na avaliação e/ou na resolução de problemas propriamente ditos.
Dentre os inúmeros benefícios, temos como os mais evidentes, a rapidez, a especialização, o conforto, a eficiência e a segurança, que resulta para os envolvidos o melhor resultado para o conflito colocado.

A empresa está inscrita no CNPJ/MF sob o nº 24.687.490/0001-04, e foi constituída e atua sob a égide das Leis 9.307/96, 13.129/15 e 13.140/2015, e baliza suas ações nas disposições previstas em seu Regimento Interno, Regulamentos e Código de Ética, bem como nas normativas do CONIMA – Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem, do FONAME – Fórum Nacional de Mediação, e do Conselho Nacional de Justiça – CNJ.
A CMARP DISPÕE AINDA DE PLATAFORMA DIGITAL QUE PERMITE A SOLUÇÃO DE SEU CONFLITO DE ONDE VOCÊ ESTIVER.

_

O que é?

Mediação

A mediação é uma forma consensual de resolução de conflitos, que consiste numa conversa/diálogo entre as pessoas envolvidas e uma terceira pessoa neutra e imparcial, o mediador (a), que busca facilitar o diálogo através do uso de ferramentas especificas, para que as partes construam com autonomia e cooperação, soluções de benefício e satisfação mútuos, que sejam sustentáveis no tempo.

Conciliação

É uma forma de solucionar conflitos onde as partes envolvidas aceitam que uma terceira pessoa (neutra e imparcial), o conciliador, faça o papel orientá-las, aproximá-las e ajuda-las na construção de uma solução que satisfaça ambas as partes. Como na mediação, a conciliação é um procedimento voluntário, flexível, confidencial e baseado em interesses.

Arbitragem

É uma maneira alternativa de se resolver conflitos, seja entre pessoas físicas ou jurídicas, através de método extrajudicial (sem a participação do Poder Judiciário), referente a direitos patrimoniais disponíveis, em que as partes, de comum acordo, nomeiam um terceiro (neutro e imparcial) que irá solucionar o conflito. É amparada pelas Leis nº 9.307/96 e nº 13.129/15, sendo a sentença arbitral um título executivo judicial, ou seja, apesar de sua característica informal, uma sentença arbitral tem o mesmo efeito de uma sentença judicial. Enquanto investidos de missão judicante, os árbitros são juízes de fato e de direito.

_

Como Funciona

O seu problema poderá ser resolvido de forma presencial e/ou on line. Você preencherá um cadastro, informando seus dados, o seu problema, o valor, e como gostaria de resolvê-lo, indicando possibilidades/proposta para acordo. Deverá também informar os dados da outra parte com está tendo o conflito/problema.
O seu problema poderá ser resolvido através de procedimento presencial ou digital.
Basta preencher um cadastro, informando seus dados, o ocorrido, o valor envolvido, sugerindo, se quiser, como gostaria de resolvê-lo, e uma proposta para acordo, se houver. Também deverá ser informado os dados da parte requerida (pessoa física ou jurídica envolvida no seu problema).

Em síntese, enviado o formulário preenchido pelo requerente e recebido pela Cmarp, a Câmara o orientará sobre o procedimento, e sendo o caso, entrará em contato com a parte requerida dando ciência do requerimento.
As partes poderão escolher como gostariam de resolver seu conflito, se pela mediação e/ou arbitragem, se através da conciliação on line.
A depender da escolha das partes, o resultado pratico poderá trazer a formalização de acordo com natureza de título executivo extrajudicial, formalização de acordo com homologação judicial, ou ainda resultar em sentença arbitral (título executivo judicial).

É Fácil, Rápido, Eficiente, Eficaz e Seguro Juridicamente

Em breve
Cursos de Arbitragem e Mediação