Categoria: Conciliação

CNE divulga parecer sobre nova matriz curricular de Direito

30 de outubro de 2018 por na categoria AdamNews, Arbitragem, Conciliação, Mediação, Notícias com as tags , , , ,
A Câmara de Educação Superior aprovou, por unanimidade, as diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação em Direito. Pela diretriz, o curso de Direito deverá ter em sua organização curricular disciplinas obrigatórias como Direito Previdenciário e Mediação Conciliação e Arbitragem. Matérias como Direito Eleitoral e Direito Esportivo poderão ser escolhidas pelas instituições de ensino para o projeto pedagógico de curso.
O parecer 635/18 foi publicado no DOU na última sexta-feira, 26, e o documento ainda aguarda a homologação do ministro da Educação para entrar em vigor.
No documento, a comissão explica que a mudança tem por objetivo garantir um aprendizado

0 0 Leia mais

Congresso Internacional MASC

10 de setembro de 2018 por na categoria AdamNews, Arbitragem, Conciliação, Mediação, Notícias com as tags , , , ,
Outras informações/inscrição, clique aqui
AdamNews – Divulgação exclusiva de notícias para clientes e parceiros!

0 0 Leia mais

VI Congresso Internacional IBDIC

27 de agosto de 2018 por na categoria AdamNews, Arbitragem, Conciliação, Mediação, Notícias com as tags , , , ,
Outras informações/inscrição, clique aqui
AdamNews – Divulgação exclusiva de notícias para clientes e parceiros!

0 0 Leia mais

O que é importante notar na Mediação e Conciliação

10 de agosto de 2018 por na categoria AdamNews, Conciliação, Mediação, Notícias com as tags , , ,
Para o público é muito importante a prestação de um serviço de qualidade, tanto público como privado.
Muitas pessoas ao serem convocadas para a audiência de Mediação ou Conciliação não fazem ideia do que se tratam, sendo obrigação do conciliador/mediador realizar a apresentação de abertura para que as partes entendam.
Em resumo, a Mediação/Conciliação é uma negociação, uma oportunidade para que as pessoas possam demonstrar seus reais interesses e chegar em um acordo de forma justa e que as partes saiam ganhando conjuntamente. Não há terceiro interferindo na negociação, são as partes que propõe, não existe juiz decidindo (este, no

0 0 Leia mais
Desenvolvido por Adam Sistemas